segunda-feira, 27 de junho de 2011

27º. Dia – Tentações

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar
I Corintios 10.13

Está acontecendo neste momento. Pessoas em todo o mundo estão passando pelo mesmo problema. Com Jesus não foi diferente; ele também se viu desafiado assim. 

Jesus estava com fome. Ele não sabia o que era comer uma boa refeição por 40 dias. Ele estava no deserto, um lugar árido com clima nada tropical. Devia estar muito calor e ficando por lá tantos dias, o corpo já deveria ter gastado muita energia. Agora o organismo pedia para comer. Se tinha alguma barriga roncando no deserto, com certeza era a de Jesus!

De repente aparece um intrometido. Porque o inimigo não ficou lá longe, onde é o lugar dele? Mas não, teve que lembrar Jesus que na condição de filho de Deus, poderia transformar pedras em pães, fazer algo bem prático para assim finalmente matar sua fome.

Usando a própria palavra de Deus o inimigo tentou enganar a Jesus. Este, em todas as respostas, também usou da palavra de seu Pai para vencer aquela tentação. Jesus venceu porque ele sabia que Deus iria prover o escape para ele sem que ele fizesse "algo mais fácil" (Pelo menos é o que está escrito em I Corintios 10.13). Jesus sabia que para vencer a tentação ele só precisaria de uma coisa: da palavra de Deus, seu verdadeiro alimento. Sua certeza era tão real que no final de sua tentação, a bíblia diz que o inimigo foi embora e os anjos serviram a Jesus. 

Neste momento, em todo o mundo, dentro e fora das igrejas, dentro e fora das escolas, dentro e fora dos lares, dentro e fora do trabalho, solteiros e casados são tentados; é o olhar malicioso, a moça bonita que olha para um homem casado, é um jovem que recebe cantadas da namorada de seu amigo, é a possibilidade de ganhar muito dinheiro de forma ilícita, e a ida a um quarto de motel, é a troca de favores, é o fazer algo proibído... o diabo sempre colocará situações que nos coloquem em tentação para que pequemos. Foi ele mesmo que veio para roubar, matar e destruir ou você acha mesmo que ele apareceu para Jesus para "dar uma ajudinha" para o filho de Deus?

A palavra de Deus diz também que junto com a tentacão, virá também o livramento. Deus não permite que sejamos tentados além de nossas forças, mas se caímos em tentação, é porque preferimos fazer as coisas do nosso jeito, indo pelo caminho mais fácil, escolhendo transformar as pedras em pães ao invés de comer da palavra de Deus.

Somos tentados pelo que deseja os nossos olhos. Se você por exemplo quer namorar um rapaz bonito e de repente conhece alguém que não seja bonito, mas lindo de morrer, vá com calma. Fale com Deus, ouça a voz dele e obedeça-o. Observe o que este rapaz fala, observe seu comportamento, sua maneira de viver e tenha a palavra de Deus dentro de você. Se estiver passando por um momento de tentação, vença-o declarando a palavra de Deus em sua vida. Seja como Jesus que mesmo sendo tentado, ainda assim ele não pecou. 


Para meditar: Mateus 4, Hebreus 4.15, Tiago 1.13-14, Apocalipse 3.10

Canção de oração:Abra os olhos do meu coração - David Quinlan

Curtiu o Blog? Registre aqui!