sexta-feira, 24 de junho de 2011

24º. Dia – Deus de provisão - Parte I

E pôs Abraão por nome aquele lugar O Senhor Proverá. Daí dizer-se até ao dia de hoje: No monte do Senhor se proverá
Genesis 22.14
            A bíblia diz que Deus é um Deus de provisão. Deus pode mandar chuva no meio do deserto, alimento no meio da fome (nem que para isso ele use um pássaro), alegria em tempos de tristeza ou fartura no meio da miséria. A provisão pode vir em várias formas e tamanhos! Honestamente eu acredito nisso porque todos os dias tenho experimentado da provisão do Senhor e sempre foi assim. Quero compartilhar com vocês como Deus dá sua provisão em mínimos detalhes, nas pequenas coisas e em situações tão diferentes.
            Quando eu estava na 3ª. serie, me lembro que meus pais se separaram e eu sempre fui muito apegada ao meu pai. Com a ausência dele minhas notas na escola começaram a cair e ficava sempre doente. Nenhum doce ou brinquedo ia substituir o meu pai. Como a situação piorava e eu estava quase para repetir de ano por causa das faltas, meus mais voltaram a ficar juntos e graças a Deus o Senhor proveu de novo o meu pai de volta ao lar.
            Eu lembro também que eu tinha um sonho de ter uma Barbie e uma bicicleta. Naquela época uma Barbie era um presente caríssimo e ter uma bicicleta rosa, tipo “ceci”, era só para quem podia. Como não era meu caso, meu pai comprou uma bicicleta do “Rambo”, bem pequenininha e eu, toda grande e desengonçada tentava andar na bicicleta do rambo. Quanto a Barbie, mais tarde eu ganhei uma e fiquei tão feliz que cortei os longos cabelos da barbie, deixando-a mais moderna, mais “chanel”. Querendo ou não Deus proveu o desejo do meu coração!rs
            Mas falemos de fatos mais atualizados. Quando estava no colegial conheci uma senhora que estudava na mesma classe que eu. Ela era o tipo de pessoa carismática que fazia vários amigos e comigo não seria diferente. Nos tornamos amigas e quando o 2º. ano do colegial acabou, continuamos a conversar.
Eu queria muito trabalhar para pagar minhas contas e em breve ir pra faculdade. Como eu não arrumava emprego e não tinha experiência eu saia pra trabalhar com a minha mãe. Minha mãe vendeu Yakult por muitos anos nas ruas, puxando aquele carrinho pesado e de vez em quando eu ia com ela. Dessa forma surgiu a idéia de eu vender iorgute na rua em parceria com esta senhora. Minha mãe entraria com os produtos e essa minha "amiga", como era bem conhecida no bairro, ajudaria a vender os produtos e aí racharíamos o lucro.
Essa minha "amiga" era uma senhora que tinha uma vida simples, numa casa simples, quase miserável (literalmente). Ela mal tinha uma cama para dormir e quando minha mãe comprou uma cama nova para mim e para o Dudu, demos a nossa cama para ela. Ficamos com dó e acima de tudo ela minha “parceira’ de trabalho. Começamos então a vender. Quase todo o final de semana eu saia a pé puxando o carrinho junto com ela e vendíamos iorgute nas vilas do bairro. Eu andava muito e era um trabalho cansativo, principalmente quando se anda muito com saia longa..rs. Enfim, fizemos uma ótima freguesia e achei que o trabalho ia dar certo.
Num belo dia, saí para receber dos clientes. Eu ia de porta em porta e um a um me dizia que ela tinha passado antes e assim eles pagaram pra ela. Bem, como não recebi nada eu fiquei de falar com ela pra conferir o valor recebido. Ela realmente tinha recebido mas não quis dar a minha parte. 
O problema era que esse dinheiro ainda não era o nosso lucro e sim o dinheiro para pagar aos fornecedores de iorgute. Falei pra minha mãe que ficou uma fera e a noite, meu pai e eu fomos na casa dessa senhora para receber de novo aquele dinheiro. Como era previsto, ela não nos pagou (e pasmem, ela ia pra igreja). Como resultado, minha mãe ficou com uma divida enorme de iorgute para pagar pois as notas estavam no nome dela e esta minha "amiga" desapareceu e eu fiquei péssima sem saber o que fazer. 
A provisão de Deus acontece em todas as áreas da nossa vida, inclusive profissional. A gente não precisa ser rico para sermos prósperos. Prosperidade é não sentir falta de nada e para mim, se eu queria um dia me casar, precisava primeiro me estruturar profissionalmente, estudar. Obviamente com aquela experiência traumática, parei de vender iorgutes mas ainda tinha aquele sonho impossível de fazer a faculdade. Deus estava provendo algo maior para mim.
        
Para meditar: Genesis 22, Salmos 23
Canção de oração: Bendito serei - Nani Azevedo

Curtiu o Blog? Registre aqui!