quarta-feira, 24 de novembro de 2010

“Teu passado condena você”?



          Quem já ouviu a expressão:”teu passado te condena, hein”?
          Ouvimos no meio de rodinhas, de brincadeiras e acreditem, há quem leve isto a sério. Há quem carrega este peso por toda a vida.
          Pode até ser verdade. Seu passado pode mesmo condenar você. A boa notícia é que, para quem está em Cristo Jesus, é justificado porque dos seus pecados Ele não se lembra mais. Em Cristo você é nova criatura e as coisas velhas já se foram; agora tudo se faz novo!
          Se você já conhece Jesus e se sente acusado por causa do seu passado, saiba que o inimigo das nossas almas, nosso maior adversário, ele é o maior acusador que veio para roubar, matar e destruir. O Espírito Santo não acusa ninguém, ao contrário, o Senhor Jesus veio para nos dar vida e em abundância.
          Se você ainda não entregou sua vida ao Senhor, agora mesmo pode ser um excelente momento. Deixe o seu passado para trás... se liberte disso. Deus tem um presente e um futuro abençoado para você.
          Se você quiser, fale comigo em voz alta, neste momento, esta oração:
Pai, obrigado por me amar como estou. Obrigado pela sua graça e pela morte de Jesus na cruz. Reconheço que só tu és o meu Salvador e Senhor e por isso agora entrego minha vida a ti. Te entrego o meu passado, o meu presente e o meu futuro. Dirija os meus passos daqui para frente. Eu te servirei para sempre, em nome de Jesus. Amém”.


Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniqüidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar. (Miquéias 7.19)

Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro. (Isaías 43.25)

domingo, 21 de novembro de 2010

Mais um ano de vida!



          Oi pessoal a paz
          Hoje estou muito feliz! Comemoro mais um ano de vida e com a mensagem do Senhor que diz: "Até aqui nos ajudou o Senhor" (I Sm 7.2)!
          Esse aniversário quase não aconteceu. Renato e eu temos passados por momentos muito difíceis na nossa vida ministerial e para mim, não havia motivos para comemorar meu aniversário. Estava me sentindo sozinha, mas com a certeza de que o Senhor é comigo. No ano passado teve festsa aqui em casa e este ano imaginei que seria o contrário!
          Então as surpresas começaram a acontecer! Na quarta-feira a noite, meu primeiro presente “surpresa” do meu marido, veio a tona, quando estávamos juntos, e num pequeno acidente, caiu no chão um perfume maravilhoso que ele tinha comprado pra mim e que estava escondido na sua blusa. Eu olhei e simplesmente disse: “Oh, meu presente”!!rs - Ele ficou bastante decepcionado, mas até agora o episódio tem rendido boas risadas entre nós!
          Ontem a noite, ele me levou para jantar num lugar maravilhoso! Voltamos ao lugar onde comemoramos meu primeiro aniver após estar casada. Comemos, rimos, mas seu olhar dizia que tinha mais. E tinha mesmo!
          Antes de sairmos de lá, ele vendou meus olhos e disse que tinha uma surpresa para mim. Fiquei dentro do carro pos uns 30 minutos, totalmente cega, até que chegamos ao lugar secreto. Adivinhem: Era uma festa surpresa que ele preparou na casa da minha avó com meus amigos, os irmãos da nossa linda igreja e todos os meus familiares. Pessoas que eu não imaginava estava lá para me parabenizar e pessoas que eu não via há muito tempo, pude matar a saudade!!!
          E hoje, o dia efetivo do meu aniversário, tive o privilégio de estar ministrando o louvor com meus irmãos. É a primeira vez que isso acontece: louvar ao Senhor com a igreja bem no dia do meu aniversário. Me sinto tão privilegiada! Deus não poderia ter escolhido um dia melhor para me abençoar e para mim, dar uma oferta de gratidão por tudo o que Ele tem sido na minha vida! Obrigada Pai!
          Queria dividir este momento com vocês, tão especial para mim. Ganhei muitos presentinhos, e como “presentes” é uma das minhas maiores linguagem de amor, me senti muito amada neste dia. Acima de tudo, ter os amigos, a família da gente, o próprio Deus nos abençoando numa hora como esta, nada se compara. Não tem preço!

Shalom:)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

A unção


        Oi pessoal
Quero compartilhar um pouco sobre o que está no meu coração acerca da unção. É interessante quando vemos alguém que chamamos de “ungido”: “Este(a) irmão (ã) é tão ungido (a)”! Ou “ele(a) tem tanta unção”. Ficamos admirados em como determinadas pessoas, gente como a gente, conseguem realizar em Deus coisas tão extraordinárias.
                A verdade é que a unção é um presente dado por Deus. Além de despedaçar todo o julgo, todo o peso,  a unção nos separa e nos capacita a exercer o propósito de Deus na terra e nos dá discernimento, ou seja, nos mostra o que vem ou não de Deus. Não é algo que possa ser comprado, adquirido pelo homem é algo espiritual. A unção nada tem a ver com ritmo de música, expressão de falar, de cantar esta ou aquela música ou falar deste ou daquele modo para atrair a atenção das pessoas. Podemos até atrair as pessoas, mas a unção derramada, atrai a presença de Deus porque foi derramada para cumprir o propósito do Pai.
Eu ficava desesperada procurando alguém que me ajudasse a “crescer” a me ensinar algo que eu não sabia. Não encontrava ninguém até que veio esta palavra: “E vós tendes a unção do Santo, e sabeis tudo” (I Jo 2.20). A primeira vez que ouvi essa ministração, eu a ouvi de um pequeno pregador de mais ou menos 14 anos. Naquele dia, ele pregou num grande congresso para muitas pessoas, mas ele era tão pequenino...Enfim, muitos anos depois, essa mensagem acendeu no meu coração. Sofri bastante na minha ignorância e não buscava na palavra do Senhor um significado mais profundo sobre a unção.  Quando a ficha caiu percebi que o Senhor me ensina tudo o que preciso saber para exercer o Seu chamado. É claro que, como em qualquer situação, temos que melhorar sempre, precisamos nos capacitar, mas a capacitação da terra sem a do céu, não adianta nada.
 As vezes vejo por aí tantos ministérios querendo tocar um mesmo estilo de música ou copiar um pregador como se isso fosse transmitir a unção de Deus. Entretanto, a unção está totalmente ligada com uma vida de santificação, uma vida separada por Deus e para Deus. Na unção de Deus ou seja, quando estamos no Senhor e permanecemos Nele, podemos fazer qualquer coisa  e como Jesus disse, coisas ainda maiores podemos fazer.
Que esta semana seja uma semana de unção sobre sua vida. Que você consiga realizar em Deus, muito mais do que se pode imaginar. O homem não pode te parar quando você está na unção do Senhor!

E vós tendes a unção do Santo, e sabeis tudo (I João 2.20)

E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecerei (I João 2.27)

domingo, 7 de novembro de 2010

O segredo do perdão


             Graça e paz meus amigos e amados irmãos.
          Hoje queremos falar um pouco sobre o perdão.
          Deus deixou para nos algumas armas de guerra contra o diabo e suas ciladas. Estas armas são jejum, oração, leitura da palavra de DEUS (a Bíblia), louvor e outras, mas uma que me chama muito atenção é o perdão . Talvez ela seja a arma menos usada em nossas vidas mas que tem um poder tremendo para acabar com o inimigo.
Imagine o inimigo jogando uma bomba atômica  na sua igreja, no seu casamento, na escola, no namoro, noivado e na sua família. O que seria uma bomba para você? Pare e pense nisso. Será que você estaria preparado para aguentar esta bomba? Como eu sempre digo, para todo mal tem uma cura que é o perdão, que precisamos viver em nossas vidas.
          Toda atitude tem uma conseqüência, seja ela boa  ou ruim e assim também é com o perdão. Quando você e eu perdoamos, carregamos consequências para nossa vida e quando não perdoamos também, porém, consequências ruins.
          O perdão liberta, traz cura a família, ao casamento, noivado a igreja. Neste assunto, o livro de Gênesis capitulo 37 até 47 mostra uma história interessante a respeito da vida de José
  • Sonhar é preciso
  • Calar para se ter paz
  • Aonde o perdão o levou
  • O que ele conquistou através do perdão
  • Para quê perdoar
  • Reconciliação atrás do perdão

Medite essa semana sobre isto e como já disse uma vez Ron kenoly: “O perdão tem um grande efeito colateral: alegria!”.

Renato Sales

Curtiu o Blog? Registre aqui!