sexta-feira, 17 de junho de 2011

17º. Dia – Descanso


Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei 
Mateus 11.28.

Descanso: Ação ou efeito de descansar. 2 Cessação da fadiga, do movimento, do trabalho; folga. 3 Repouso. 4 Sossego. 5 Lentidão, morosidade. 6 Repouso de quem dorme; sono. 7 Alívio, bem-estar, estado cômodo. 8 Ócio, vagar. 9 Paz. 10 Coisa sobre a qual outra se apóia ou assenta; suporte.
           Descansar é uma ação interessante. Quando trabalhamos muito, corremos, falamos demais ou fazemos qualquer força além do que prevíamos ou planejássemos, nos cansamos. Ou as vezes não e vamos sentir o cansaço só depois, no dia seguinte. As vezes nem sentimos o quanto trabalhamos muito ou dormimos pouco, aí, uma semana depois, o dorpo “fala” dando sinais de que o cansaço acumulou (e tanto), que é preciso parar. Chegou o tempo de descansar.
         Quando confiamos em Deus, temos fé, acreditamos que Deus fará algo por nós quando tudo diz o contrário. Quando descansamos nele, temos paz. A correria é tanta que quando o assunto é descanso, a gente pena até pra descansar. Contudo, mesmo no limite de nossas forças, paramos, afinal, ninguém é de ferro. Porque será que quando se trata de Deus parece ser tão difícil não só confiar, mas descansar Nele?
           Confesso que eu mesmo sou desafiada a cada dia a descansar em Deus quando os dilemas e os problemas vem. As vezes fico a semana inteira sem ter um tempo de qualidade com Deus e enquanto isso, sou bombardeada pelas armadilhas que o inimigo prepara. Quando chego no ápice do cansaço físico e espiritual, aí então corro para Deus. Mas não precisaria ser assim.
       As vezes preciso chorar e orar uma noite inteira para descansar meu coração no Senhor. Com certeza, se eu orasse mais, confiasse e descansasse mais, as lutas viriam e eu nem perceberia porque quando estamos ligados com Deus, tudo se torna mais leve, mais fácil. É mais fácil nos dispormos a descansar fisicamente do que espiritualmente. Quando descansamos o nosso corpo, temos mais gás para enfrentar o dia seguinte, mas, se não descansarmos em Deus, nossa chama pode até se apagar.
         A palavra de Deus diz que a carne e o espírito lutam entre si, ou seja, um dos dois quer prevalecer em nós. Se quisermos descansar em Deus, a carne não pode prevalecer e para isso, nosso coração precisa a cada dia ser regado pela palavra de Deus, pela oração ao nos aproximarmos Dele.
           Não espere suas forças se acabarem para descansar em Deus. Deus não quer que a gente viva aflito, tenso, doentes por causa do “excesso”, do que é demais pra gente. Até Deus descansou, nos dando seu próprio exemplo que o mesmo devemos fazer. Você não precisa ficar repetindo e reclamando o quanto você trabalha e trabalha e nada acontece (mantenha sua pressão controlada: 10 por 8)!
        Você não precisa também ficar espalhando pra todo mundo o quanto você acorda cedo, trabalha muito, dorme tarde, se sente sozinho, desesperado para ter alguém ou se fazendo de vitima. Você não precisa viver amargurado com a vida. Você precisa descançar em Deus.
           Descanso.
          Você sabia que a aflição e nervoso causam problemas de coração? Isto pode levar ao infarto! Talvez você precise parar, respirar bem fundo e descansar porque se tiver um infarto aí é que você não vai ver mesmo a benção chegar. Descanse. Assim você estará pronto para seguir em frente, na força do Senhor.

Para meditar: Gênesis 2.2, Hebreus 4.1-11, II Pedro 5.7, Mateus 11.28, Jeremias 46.27
Canção de oração: Deus de amor – Diante do Trono

Curtiu o Blog? Registre aqui!