sexta-feira, 10 de junho de 2011

10º. Dia – Viver amargurado é uma escolha sua


“Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra”
Colossenses 3.1
            
            José não foi o único sonhador da bíblia. E pela sua história, foi alguém que sofreu muito, mas que escolheu não viver amargurado. Eu acredito que os olhos dele sempre estavam fixos em Deus, apesar de toda a dor.
            Depois que você casa, você percebe como você é realmente. Você enxerga melhor o seu próprio temperamento e vê como precisa do Espírito Santo para melhorá-lo.
            Lá em casa, quando acontecia de o Renato e eu nos desentendermos por alguma coisa, eu ia para o quarto e chorava horrores como se estivesse esperando pela morte (forte né!). Pois é, essa era a faceta mais clara do meu temperamento melancólico que, alguém além de mim passou a ver: meu próprio marido. Ele carinhosamente vinha até mim, me dava um beijo e dizia: “você vai escolher ficar assim ou vai mudar?”. Credo, alguém teve coragem de dizer isso na minha cara. Foi duro ouvir!
            Isso serviu para me alertar e confesso que estou melhorando. Ainda me pego agindo assim de vez em quando e graças a Deus aprendi que não preciso viver triste ou amargurada se Deus me dá a chance de escolher como quero ficar.
            Acredito que como todo mundo eu também passei por situações que poderiam me deixar amargurada hoje. Ainda tenho sonhos de criança que ainda não se realizaram e tenho certeza de que Deus tem o controle de todas as coisas, Quando eu era pequena meu pai e eu brincávamos de “capitais de países”. Ele me perguntava: “Jack, qual a capital do Equador? Do Japão? Dos EUA?” Aos poucos fui ficando boa em geografia e minha mãe sempre que podia comprava aqueles Atlas pra mim. Tive vários deles e desejei “viajar pelo mundo” para conhecer todos aqueles lugares.
            Quando eu tinha uns 13 ou 14 anos, por aí, minha mãe me colocou numa escola de inglês. Eu pegava o ônibus e ia sozinha para o outro lado da cidade para aprender “how are you” e claro, “the book is on the table” (risos). Quando eu estava em casa, eu até assistia um programa na TV Cultura com aulas de japonês (O japão era um destino que eu pensei em visitar). Daí então sonhava em viver alguma aventura por aí, pelo mundo, em alguma tribo, de repente sozinha ou com algum nativo falando inglês ou japonês.
            Eu estava decidida a passar um tempo longe de todo mundo e comecei a planejar minha tão sonhada viagem. Quase todo o fim de semana quando eu descobria alguma feira de intercâmbio aqui em SP, estava eu lá, toda confiante, sem um real (ou dólar) no bolso para viabilizar a viagem. Ia com fé mesmo! Com o tempo, fiz e refiz minhas contas e acabei fechando minha matrícula numa agência de viagens aqui na cidade, onde eu ficaria numa escola no Canadá. A agência de viagem foi super bacana e em tudo me ajudaram. Graças a Deus que, quanto aos meus pais, também não tive problemas. Eles sempre me apoiaram (embora eu acho que ficavam morrendo de medo de algum serial killer me raptar no Canadá..rs).
            Fiquei meses planejando cada detalhe, cada documentação e faltando uns 3 meses para embarcar, chegou o temido dia de ir ao consulado canadense. Fui, suando frio. A cada momento me via no Canadá, pisando na neve e tirando fotinhas do Niagara Falls. Enfim, esperei chegar a minha vez até que levei toda a minha papelada ao oficial. Para minha surpresa, ele nem olhou os documentos e simplesmente disse que “ainda não era a hora". Que palhaçada! Fiquei chocada! Se aquele oficial era algum anjo, eu queria ter dado um soco nele!
          No final da história não viajei, mas isto não quer dizer que o sonho morreu. Mudei os planos e acabei fazendo seminário, academia, inglês, essas coisas. Ocupei meu tempo com outras coisas que eu achei legal fazer. Lutei pelo sonho, mas Deus tinha algo diferente e melhor. Você me pergunta se eu ainda gostaria de fazer intercâmbio? É claro que sim. Se eu achasse passagens de ida e volta na minha porta acho que morreria de emoção! Mas hoje sei que, se eu tivesse ido, eu poderia não ter conhecido meu marido e hoje quando penso em viagem, penso em ir com ele. Hoje o Senhor tem nos dado graça e sempre que podemos, saímos em férias pra passear e conhecer algum estado brasileiro. Não tem jeito, viagem está no nosso sangue, mas mais importante que isso, o Renato é muito melhor que meu sonho porque ele é a alegria da minha vida!
            Hoje eu entendo que talvez meu sonho não se realize ou quem possa realizá-lo serão meus futuros filhos. Deus tem o melhor e nosso destino está nas mãos Dele! Não importa o tempo, eu decidi não ficar ressentida com Deus e com o mundo porque algo não deu certo. As vezes o inimigo, pessoas,  tentam me entristecer falando que perdi minha vida, meu sonho, mas quando olho para meu casamento e vejo o que Deus tem feito, eu não consigo imaginar um plano melhor que este, que usa nossas vida para falar com pessoas que sequer um dia vamos conhecer.
            Ainda tenho tantos sonhos pra realizar assim como você. Não existe uma mágica para não ficar amargurado com o que não deu certo. O segredo é estar com Deus e Ele estar em você. Quando a gente entrega tudo, mas tudo mesmo pra Deus, é incrível a paz que enche o coração. Eu sei que Deus tinha um motivo para não me deixar ir naquele momento e antigamente eu queria saber porque. Hoje eu não quero mais. Para mim, já basta saber que Ele tinha o melhor pra mim e quando entendi isso, me senti mais feliz.
            Estamos há 2 dias do dia dos namorados e hoje eu pensei que esta palavra poderia ser um pouco diferente, algo que trouxesse reflexão e paz para você. Há alguns meses a canção "Hope of all hearts" falou bastante comigo em outros sonhos que tenho esperado em Deus. É uma canção que fala sobre a esperança, ter esperança em Deus quando choramos, quando estamos de luto, cantar no meio da dor, cantar na alegria... bem, gostaria de convidar você pra assistir comigo este video e meditar nesta letra. Medite também nos versículos abaixo e ore a Deus. Separe um momento para falar com Ele, chorar se for o caso, e liberar  o seu coração de toda armagura,, de toda tristeza. Escolha viver e viver com alegria. Ore para que Deus encha seu coração com esperança e com paz, muita paz. 
Para meditar: Gênesis 37, Lamentações 3.19-26, Efésios 3.20, 6.10-20
Canção de oração: Hope of all hearts - Planetshakers (tradução aqui

Curtiu o Blog? Registre aqui!