segunda-feira, 7 de julho de 2014

Diário de Oracão 1º Dia - Um caminho mais excelente


Oh Deus te louvo pelo Teu amor
Tu mudaste meu interior
E agora eu quero viver
Pra transmitir este amor
Que vem de Ti...

Como podemos dizer que amamos a Deus que não vemos, se não amamos nosso irmão a quem vemos?
I Jo 4.20

          Em I Co 13 o apostolo Paulo fala a respeito do amor. É um texto conhecido
mundialmente e Deus achou importante dedicar um tempo para inspirar seu servo sobre isto porque o amor é a essência de Deus e muitas pessoas, principalmente se estão apaixonadas, usam essa passagem para declarar o seu amor a alguém. Podemos ver isto em casamentos por exemplo.
          O desafio começa quando o amor precisa ser praticado. O amor por esta razão
não é um sentimento e sim uma decisão, uma escolha. Quando alguém nos fere, nos incomoda, age com injustiça, sentimos tudo, menos amor. Por isto, aquele que escolhe amar, além de todos os dons que possui, qualquer título que possa ter, essa pessoa faz uma boa escolha diante de Deus, ela escolhe um caminho mais excelente. Será que hoje em dia podemos dizer que temos escolhido este caminho?
O amor cobre multidão de pecados. Por amor você nega a si mesmo em favor do outro. O amor é a atitude mais profunda e requer sacrifício. Quando esta palavra for revelada ao nosso coração haverá mais amor e menos feridas. Amaremos com a ajuda do Espírito Santo porque sem Ele nada podemos fazer. Somos muito esquecidos e Jesus sabendo disso, enviou Espírito do Senhor para nos lembrar de todas as coisas e uma delas, é amar ao nosso irmão.
Muitos precisam ser curados e até esta cura chegar vão todos os os finais de semana (ou não) a um lugar onde os outros pensam que aquela pessoa está ótima, quando não está. Precisamos renovar a nossa mente e lembrar de voltar ao primeiro amor, Jesus. Amando a Cristo, podemos amar genuinamente nosso irmão e cuidar dele. O que era errado passou a ser certo: amamos coisas e usamos pessoas quando deveria ser o contrário. Precisamos de mais amor e menos interesse. Precisamos nos lembrar que além de qualquer tesouro, coisas importantes pra nós, existe um caminho mais excelente diante da gente. Qual caminho você escolherá hoje?
O amor traz perdão, cura, segurança. Ele lança fora todo o medo e nos faz exercer a nossa fé. Um coração ferido só Deus pode sondar e curar. Imagine uma dor de cabeça ou qualquer outra dor, porém todos os dias e por mais de um ano. Horrível não? Assim é o que ocorre na igreja. Muitos estão feridos, mas ninguém vê ou percebe. Se quem está ferido é o nosso irmão e a gente não, precisamos igualmente da sensibilidade do Senhor para ajudá-lo, caminhar a segunda milha com ele porque um dia também poderemos precisar.
O amor deve ser nosso padrão. Nossa marca que deixamos de passagem enquanto vivemos sobre a terra. Seremos lembrados um dia pela nossa descendência, amigos, pessoas que influenciamos e que foram importantes pra gente. Cabe a nós escolher o que deixaremos de legado para eles. Que seja nossa marca de amor.


 Para meditar: I João 4

Curtiu o Blog? Registre aqui!