terça-feira, 8 de junho de 2010

Diário de Oração: 8º dia – A beleza sob a ótica de Deus

          Hoje em dia, o conceito de beleza do mundo é bem diferente; basta um rosto bonito para conseguir alguma coisa, para ter privilégios. Não valorizamos as pessoas pelo que elas são por dentro, seu caráter. Olhamos sua aparência e todo o resto é só um mínimo detalhe. Como vimos anteriormente, a bíblia diz que Deus não vê o exterior. O próprio Davi era bonito (I Sm 16.12), mas não foi a beleza de Davi que fez com que Deus o escolhesse. Foi o seu coração de pastor, rendido a Deus.

          Quando Deus já tinha rejeitado a Saul como rei, o Senhor já tinha preparado um outro que o substituísse. Deus escolheu Davi e quando Samuel o procurou para ungi-lo, Davi estava trabalhando; estava no campo pastoreando ovelhas. Davi era um trabalhador.

          Muitas vezes nós não nos achamos bonitos. Sempre vemos algum defeitinho que “Deus poderia ter feito diferente”. Não nos aceitamos. Queremos nosso cabelo ou mais liso, ou mais enrolado, ou mais loiro, ou mais castanho. Queremos nossa pele mais branca, ou mais escura ou nossos olhos mais puxados.

          O mundo apresenta um padrão de beleza tão deformado daquilo que Deus planejou que começamos a acreditar que temos algum problema. São tantas as revistas de moda, de beleza, de emagrecimento que não nos aceitamos porque acreditamos na imagem deformada que o diabo apresenta pra nós. Acreditamos mais nele, do que o que a Bíblia diz sobre nosso real valor para Deus.

          O diabo quer que sejamos grandes complexados, por não conhermos a verdade. Por causa disso, quantos jovens perdem a esperança. Não se amam mais. Não cuidam mais de sua aparência, não vivem com alegria esperando o grande dia de encontrarem seu futuro cônjuge ou simplesmente, não se cuidam para se sentirem melhor.

          Em provérbios 31. 10-31 há o relato da mulher virtuosa. Aqui, encontramos a beleza sob a ótica de Deus. O senso de beleza de Deus é diferente do nosso. A mulher de provérbios é alguém: confiável, que faz o bem todos os dias da sua vida, trabalha desde a madrugada, administra sua casa e seus bens, é criativa, é compassiva, cuida da boa reputação de seu marido, é forte, é digna, não se preocupa com o amanhã, não é preguiçosa, é sábia, é bondosa, é amada pelos filhos, ela é mais do que virtuosa para seu marido, é temente ao Senhor e pelos seus atos, é reconhecida publicamente.

          Tantas são as qualidades de alguém que se torna bonito para Deus. Quais são as suas?

          Cuide se sua aparência. Faça unhas, escova, se alimente melhor. Se for o caso, faça exercícios, passe um bom perfume. Mas, mais importante que isso, cultive os verdadeiros valores que Deus espera de você.

         Ore neste momento. Se você já se viu como uma pessoa “feia”, apresente isso para Deus. Ore para o Senhor curar sua auto estima. Ore para o Senhor mostrar as qualidades que de repente você não consegue enxergar, mas que você tem. Ore para que você se veja mais bonito, como alguém digno de ser chamado filho de Deus.


Palavra devocional: I Samuel 16 e Provérbios 31

Canção para meditar: - Aos olhos do pai (Crianças Diante do Trono)

Livro: Bela aos olhos de Deus (Elizabeth George. Ed United Press)

Curtiu o Blog? Registre aqui!