segunda-feira, 21 de junho de 2010

Diário de Oração: 21º dia – Namorar custa caro – Um pouco de finanças – Parte II

          Como povo de Deus não devemos ser ignorantes. Informação vale ouro e quanto mais a temos, melhor preparados estaremos. Na área de finanças também é assim e infelizmente não é um assunto muito explorado nas nossas igrejas. Muitos são roubados nesta área por falta de conhecimento, de informação e já é hora de não sermos mais e sermos restituidos por Deus.

          Novamente meu amigo Luciano vai ministrar na vida de vocês este tema tão importante. Meninas, cuidado com o cartão de crédito e rapazes não sejam tão “muquiranas”. A melhor forma de administrar e aproveitar as finanças é sempre com sabedoria e equilibrio.

*****
          Oi pessoal, aqui é o Luciano novamente.

         Já ouviu falar do desemprego no Brasil? Pois eu vou te revelar um segredo: É mentira.

         O Brasil está com empregos sobrando e muita falta de mão de obra especializada. É que muitos só pensam nos empregos tradicionais. O governo mesmo acha que, para criar empregos, basta criar mais uma repartição pública ou mais um ministério, e (novamente) se esquecem que esses salários têm de ser pagos por quem produz. E quem produz, está precisando de profissionais especializados.

          Uma rápida procura na Internet sobre “falta de profissionais” e vai ver os empresários batendo nas portas das escolas em busca de trabalhadores. Como não encontram, criam seus próprios especialistas oferecendo bolsa para adolescentes.

         Um simples exemplo: tem uma propaganda na TV com uma mulher que tem orgulho de ser soldadora do primeiro navio construído totalmente no Brasil. Pois ela tem razão de estar orgulhosa. Para receber o certificado e ter permissão de efetuar essa soldagem, teve que estudar muito. Não basta ter trabalhado na serralheria da esquina.

          Ela é uma profissional bem paga e a Petrobrás vai precisar de milhares iguais a ela.

          Em uma reunião com empresários, um deles desabafou que quando coloca um anúncio no jornal precisando de soldador, tem uma fila de mais de mil. E nem sempre consegue selecionar um. É a simples falta de especialização.

          E não é só de soldadores que temos falta. Para quem não sabe, a cada solda feita, é necessário também: um inspetor de solda, um técnico de segurança do trabalho, um técnico em raio X industrial e um inspetor de ultrasom. Cabide de empregos? Não. Imagine que por causa de uma só solda mal feita, temos um navio carregado de petróleo afundado, ou um oleoduto rompido. É responsabilidade.

          E estes são somente uns poucos exemplos. Serão milhares de empregos das mais diversas modalidades, diretos e indiretos para os próximos vinte anos.

• Hotelaria e turismo: vinte e sete mil postos de emprego serão criados nos próximos anos no sector

• 2010 será o melhor ano da história da geração de emprego no Brasil: Para o ministro do trabalho e Emprego, Carlos Lupi, marca pode superar 2 milhões de novos postos de trabalho.

• Serão criados 20 milhões de empregos verdes até 2030: Um novo informe da Organização Internacional do Trabalho (OIT) afirma que a emergente economia ambiental poderá criar dezenas de milhões de novos "empregos verdes"

          Faça a sua parte. Deus te deu algum dom, tem alguma coisa que você faz melhor ou com muita facilidade? (que não seja jogar fazendinha, por favor!). Se esforce justamente nessa área, estude e muito!

          Você foi muito abençoado por estar vivendo nesse país e nessa época. Quero ver você como chefe ou mesmo como empregador.

Luciano Ponci

Palavra devocional: Is 55.2, Pv 17.16*

Canção para meditar: Restitui - Toque no alttar

Sugestão de filme: Os delírios de consumo de Becky Bloom

(*Textos sugeridos pela Jack)

Obs.: Pessoal, contatos com o Luciano, podem ser feitos pelo e-mail lucianoponci@hotmail.com

Curtiu o Blog? Registre aqui!