terça-feira, 29 de setembro de 2009

Diário de oração – 29º dia – Alguém está batendo na porta

Toc, toc, toc. Ouço um barulho na porta.
Acabo de chegar do culto, mas alguém continua batendo na minha porta.
Acabei de cantar louvores ao Criador, mas alguém continua batendo na porta.
Me desentendo com meu esposo, mas o “toc, toc, toc” continua na minha porta.
O barulho é insistente, até que, pelo cansaço sou vencida. E adivinha quem vem ao meu encontro: Jesus.
É assim mesmo. O Senhor bate na porta do nosso coração e não só no coração do incrédulo. Como igreja, o Senhor deseja que ouçamos a batida da porta, mas não só isso, que o deixemos entrar e fazer morada no nosso ser.
Quantos de nós, como igreja, temos deixado o Senhor Jesus do lado de fora da nossa porta! Assim, nos tornamos crentes mornos, pessoas insensíveis que não agradam a Deus.
Quantos de nós achamos que temos tudo: “unção”, reconhecimento, fama, riquezas, mas um novo som continua dentro de nós: “toc, toc, toc”.
Será que esse barulho não está sendo na sua porta?

Meus alvos de oração foram:

Pelo Brasil: Para a igreja do Senhor não se tornar uma igreja morna

- Agradecendo a Deus por mais
- Cobertura do sangue de Jesus no meu lar, meu casamento
- Guarda do Senhor de toda a retaliação do inimigo
- Pedindo perdão ao Pai
- Que eu não me torne uma crente morna
- Direção do Senhor para cumprir a Sua vontade e não a vontade de homens
- Viagem do Pr. Esmael para a África
- Revelação da Sua palavra

Louvor: DVD This is our God (Hillsong)

Palavra - Apocalipse 3.14-22

Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve:
Estas coisas diz o Amem, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca; pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu.
Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas.
Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te.
Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.
Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas
.”

Curtiu o Blog? Registre aqui!