sábado, 27 de junho de 2009

Michael Jackson – Como gostaríamos de ser lembrados?

Porque os meus dias se consomem como a fumaça
Sl 102.3

Assim como milhares, eu fiquei em choque também. A palavra de Deus se cumpriu quando está escrito que nossos dias são como fumaça.
Me lembro de “Thriller” quando era pequena. Febre nos anos 80. Morria de medo dos “monstros” daquele clip e saia correndo pela casa achando que eles iriam me pegar, mas adorava a música. E “Black or White” com Macaulay Culkin? Eu adorava aquela música também.
Eu não era fã, mas não há como negar que Michael Jackson será uma lenda da música pop. Pelo menos para mim. Confesso que tem músicas dele que eu gosto muito (embora não ouço), devido a melodia, ritmo, produção e arranjos maravilhosos. Fizeram parte da minha infância e adolescência. Seu talento e genialidade musical foram além de seus escândalos, bizarrices e excentricidades. Michael sobreviveu a gerações, continuou fazendo sucesso e inspirando a outros como raríssimos artistas conseguiram. Ainda acho estranho dizer ou ouvir que ele morreu. Foi tão repentino. Tão inesperado. No mundo, ele praticamente parecia ser um imortal!
O interessante disso tudo é que ele passou anos construindo uma carreira de sucesso e tudo se dissipou da noite para o dia. Em um momento estava vivo e “imortal”, no outro mortal sendo velado por todo o mundo.
A morte deste artista me faz pensar em como são os nossos anos: o que fazemos, o que planejamos, o que sofremos, o que conquistamos, a imagem que queremos deixar, a imagem que efetivamente deixamos e mais importante que tudo, nossa salvação.
Para mim, por maior que tenham sido suas riquezas (e dívidas) e talento, Michael passou sua vida tentando se encontrar. Lamentavelmente foi o mais “mal compreendido” de todos, segundo um comentário que li. Gostaria muito que ele tivesse sido salvo no Senhor. Mas isto, só no céu saberemos!
Porque os meus dias se consomem como a fumaça” é o que a palavra nos diz. Como nossos dias passam e tem passado rápido! Como nossa vida “voa”! Hoje temos 18 anos, mas como será nossa vida aos 50? Hoje temos 50 e o que fizemos durante nossa vida? Hoje temos 50 e o que será de nós aos 90? Hoje estamos aqui e podemos estar bem, mas e amanhã? O que nos espera?
Como gostaríamos de ser lembrados? Antes que termine o dia, pensemos sobre isto.
Meus sentimentos para quem era fã. Meus pensamentos para quem quer reescrever sua própria história.

Curtiu o Blog? Registre aqui!