domingo, 11 de outubro de 2009

Mantendo a calma

          Este mês está sendo muito desafiador para mim. Depois do “Diário de oração” em setembro, parece que o momento de “bonança” passou. Novamente estou sendo moldada pelo Altíssimo para manter a calma.
           Não é fácil. O problema vem, e este, desencadeia uma série de outros problemas e você fica no centro de tudo, sendo bombardeada por tantos problemas.
           Quanto mais vejo o problema, mais gás tenho para tentar resolve-lo. Se não consigo, fico procurando, pesquisando meios até que eu consiga (sou muito teimosa as vezes). Isso nem sempre é bom porque naturalmente temos aquele instinto de querer fazer tudo, resolver tudo. Nessas horas é que somos provados para ver se somos cristãos mesmo ou não. Se confiamos realmente no Senhor e se conseguimos descansar, como se vivêssemos no Afeganistão com vários “Bin Ladens” ou seus discípulos.
           Corre, cansa, liga, anda, procura soluções, Procons, Juizados de Pequenas Causas, audiência, Boletim de Ocorrência, canseira que você recebe, pede ajuda daqui e dali, fica sem ajuda daqui e dali, organização e pendências de acampamento, atividades na igreja local, imprevistos, enfim, em menos de 3 semanas, esta tem sido a minha rotina e do meu esposo, sem dizer em como tenho sido cercada de pessoas fofoqueiras, em quem não se pode confiar. E além disso, o Senhor usa uma irmã para me dizer: “Entrega. Cuido de cada detalhe da sua vida”.
           É manter a calma quando você vive seu temperamento impetuoso.
           Aí vem a memória a promessa nas escrituras:

Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará – Sl 37.5

O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no Senhor a misericórdia o cercará – Sl 32.10

Se você está vivendo algum momento “tenso”, vamos aprender juntos (eu principalmente) a confiar no Senhor em todo o tempo. Sejamos cercados pela misericórdia do Senhor que trabalha por nós muitas vezes quando não vemos e em silêncio.

Com amor
Jack

Curtiu o Blog? Registre aqui!