quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Diário de oração – 30º dia – Uma nova visão

Não perco a visão, não perco a visão
No deserto eu vejo um jardim pois sei
E creio no que Deus tem pra mim


Esses versos fazem parte de uma pequena composição que fiz para o Senhor enquanto esperava meu esposo no metrô. Enquanto esperava por muito tempo...rs
No meu coração eu ministrava para o Senhor curar nossa visão, derramar do seu remédio em nossos olhos para que possamos enxergar Seu plano para nós, para que possamos vê-lo. Quantas vezes deixamos de ver as promessas do Senhor, o próprio Senhor, porque estamos cegos... enquanto estivermos cegos, estaremos deficientes, e assim, carente do Senhor para nos sarar e completar.
Hoje, assisti a uma palestra do judeu, comunicador e educador Gilberto Dimenstein. Ele, considerado o pior aluno da escola, cujo melhor amigo era o melhor aluno da turma, tornou-se um dos grandes nomes do jornalismo e da Folha de SP.
De pior aluno, se tornou uma referência no campo da educação. Como isso foi possível? Graças a uma visão, a curiosidade apurada, o gosto pelo saber. Aprendi muito com ele, levando para o campo espiritual. Conclui que sem vem visão, não temos novidade de vida.

Meus alvos de oração

Pelo Brasil: Para as igrejas do Brasil serem igrejas visionárias, para alcançar o impossível

- Agradecendo por mais um dia
- Pela vida do meu esposo
-Pedindo perdão pelos meus pecados
- Para as igrejas no Brasil e aqui no Jaraguá serem igrejas visionárias que façam o impossível, para a glória de Deus

Palavra – Apocalipse 3.18

Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas”.

Curtiu o Blog? Registre aqui!