quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Quem vai dar um jeito na sua lingua?


A morte e a língua estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto
Proverbios 18.21
A verdade é que, se tivéssemos cuidado com o que falamos, muitos problemas seriam evitados. Não foi a toa quando encontramos na palavras de Deus que a língua é um membro bem pequeno, mas que causa grandes estragos (Tiago 3). Com ela elogiamos e criticamos. Trazemos vida ou matamos pessoas.
            Lendo o livro de Tiago 3 encontramos algo precioso: quem não tropeça no falar é capaz de refrear também todo o corpo, ou seja, através da nossa língua, todos os nossos sentidos são influenciados. O que eu ouço, para onde ando, o que penso é influenciado pelo que falo. E como pode ser isto? Vamos nos lembrar das palavras de Jesus: “A boca fala do que o coração está cheio” (Mt 12.34) e por nossas palavras seremos justificados ou condenados e por nossa língua colheremos o bem ou o mal.
            Mas antes de falar da boca, vamos falar do coração como Jesus mencionou. Primeiro: o que tem entrado no seu coração? O que tem tomado conta da sua mente e do seu coração. O que nascer daí, irá para sua boca e dela você colherá o que plantou.
            Em Filipenses 4.8-9 o apóstolo Paulo nos ensina sobre como educar a nosso pensamento:
            Finalmente irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que justo, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento
            Observe os detalhes do versículo: verdade, respeito, justiça, boa fama, virtude e louvor. Se o que tem ocupado sua vida são outras coisas, então está na hora de fazer uma limpeza na sua mente.
            Outra coisa importante é a forma como podemos ser influenciados pela fala: “as más conversações corrompem os bons costumes” (I Cor 15.33). Quem não conhece alguém que era honesto e se corrompeu ou algum amigo que foi preso porque foi na onda dos outros. Foi influenciado pela má conversa. Isto também ocorre dentro das igrejas. Agora, veja se você tem influenciado com suas palavras ou tem sido influenciado pelo que os outros dizem. Não subestime o poder da palavra. A língua é tão poderosa que quando bem usada:
-       Alegra o homem (Proverbios 12.25)
-       Afasta brigas (Proverbios 15.1)
-       É árvore de vida (provérbios 15.4)
-       É boa quando falada na hora certa (Proverbios 15.23)
-       Traz fortalecimento (Proverbios 15.30)
-       Aumenta o saber quando o falar é dócil (Proverbios 16.21)
-       Quando agradável, é doce para a alma e remédio para o corpo (Proverbios 16.24)
-       Se torna cidadão dos céus quando não difama os outros (Salmos 15.3)
-       Quando consagrada a Deus transborda de boas palavras (Salmos 45.1)

E muito mais. Na verdade, aqui são só algumas situações, mas quando lemos o fruto do Espirito Santo em Gálatas 5, claramente observamos que quem é nascido do Espirito usa sua língua para o bem. Quando vivemos em função das obras da carne, nossa língua é usada para o mal. Acredito que por isto está escrito: “andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne” (Gálatas 5.16). “Porque quem semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupçãoo; mas o que semeia para o Espíeiro do Espírito colherá vida eterna” (Gálatas 6.8).
A colheita de amanhã é definida pelo que semeamos hoje e porque não pensar no que falamos? Muitos crentes são salvos mas vivem uma vida medíocre, derrotada porque plantaram uma semente ruim de suas palavras. Se você sempre pensar e depois falar: “Eu não vou conseguir”, com certeza não conseguirá. Agora, se você crer e falar: “Sou um vencedor”, então tudo o que você fizer você vencerá.
Conhecemos uma árvore pelo seu fruto. É impossível você colher coisas boas se o que fala é só maldição. Se quisermos guardar nossa alma de aflições precisamos primeiro guardar a nossa boca: “O que guarda a boca e a língua guarda a sua alma das angústias” (Proverbios 21.23). Você precisa submeter sua língua ao Espirito Santo, viver o fruto do Espirito para começar uma virada na sua vida.
Muitas feridas são causadas porque estamos tão amargurados que somos incapazes de dizer algo bom. As palavras de amargura e de derrota são tão comuns que acabam fazendo parte da nossa vida diária. De repente você está há anos vivendo assim, falando palavras de derrota quem nem se percebeu. Quer começar a perceber? Olhe a vida que você tem vivido em volta de você.
Existem 3 coisas que não voltam uma delas é a palavra pronunciada (as outras duas são: a seta lançada e a oportunidade perdida), então pense em como sua boa pode ser uma benção ou mortal. Não empreste sua boca para Satanás, ele está louco querendo que isto aconteça. Consagre sua boca a Deus, abençoe seu próximo e você verá o que vai acontecer!
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificaçãoo conforme a necessidade, e assim transmita graça aos que ouvem
Efésios 4.29

Para meditar: Proverbios 12.25 / 15., 4,23, 30 / 16.21 / 16.24 /  16.28  / Tiago 1.19 e 3 / Salmos 10.7, 15.3, 45.1, 57.4, 34.13 / Galatas 5

Com amor 
JS 

Curtiu o Blog? Registre aqui!