terça-feira, 5 de agosto de 2014

Diário de Oracão 30º Dia - A responsabilidade é de todos

Pra falar,pra pregar
Usa-me agora
Pra cumprir teu querer
Toda mágoa,todo medo,todo trauma
Cura Senhor
Todo choro,meu complexo inferior,toda dor
Cura Senhor
“Nós amamos porque ele nos amou primeiro. Se alguém afirmar: "Eu amo a Deus", mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê”
1 João 4:19-20
Depois de muitos dias, finalmente chegamos ao último dia do nosso diário. Seria muito bom se pudéssemos dizer que o assunto acabou, mas pessoas feridas dentro das igrejas é um assunto que nos dias de hoje parece não ter fim.
Sempre é mais fácil culpar ao outro. Olhar para nós mesmos e fazer uma auto análise de nossas atitudes nem sempre é uma tarefa agradável de se fazer. Deveríamos orar sempre o que Davi orou nos Salmos 139: “Vê se há em mim algum caminho mal e me guia no caminho eterno”. (verso 24)
Todos nós somos responsáveis no reino de Deus. Seja líder ou liderado, todo mundo tem um papel importante a desempenhar visando um único foco: o crescimento deste reino. Não reino para si, mas o reino daquele que pagou com sangue a dívida que não podíamos pagar.
Sempre que converso com pessoas sobre o que as deixaram chateadas a culpa sempre é do outro. Fico pensando se elas já se enxergaram no sentido de perceber o que elas também podem ter causado para a situação chegar no ponto que chegou. Sabe aquele ditado que diz “quando um não quer dois não brigam”?, seria basicamente isto.
Se estamos em um ambiente que não nos faz bem, cabe a nós fazer nossa parte e mudar. Pergunte a si mesmo se você é quem faz o ambiente ou o ambiente faz você. Seja como for você não tem nada a perder se deixar uma marca de amor.
Seja a mudança que você quer ver. Seja o exemplo. Seja o espelho para quem não tem e seja um bom modelo a se seguir. Lembre-se, no Senhor nenhum trabalho é em vão e Ele, paga muito bem aqueles que pra ele trabalham.
            Viver em amor uns com os outros é responsabilidade de todos, principalmente a gente que se denomia cristão.  É nossa responsabilidade fazer o nome do Senhor conhecido. É nossa responsabilidade viver o que pregamos. É nossa responsabilidade pregar o que se vive. Sermos transparentes lutando não contra o pecador mas contra o pecado, principalmente o nosso. É nossa responsabilidade amar. 
Em I Joao 5.3, a palavra de Deus diz que se ammaos a Deus, obedecemos seus mandamentos e eles, não são penosos para nós. Precisamos parar de fazer “corpo mole” e assumir de vez nossa identidade cristã.

Enquanto Jesus não vem, vamos sondar nosso coração, pedir que Deus nos ajude a endireitar nossos caminhos para a vinda do Senhor. Afinal, Ele virá buscar uma igreja não doente, mas pura e imaculada para morar no céu. Você está pronto para subir?

Com amor. E até o próximo diário se Deus quiser.

Para meditar: Efésios 5

Curtiu o Blog? Registre aqui!