domingo, 23 de agosto de 2009

Nelson Mandela - (Parte III)


“O bravo não é quem não sente medo, mas quem vence esse medo”
Do cárcere para a presidência. Isso lembra alguma coisa?

A história de José na bíblia, o sonhador odiado pelos irmãos, até hoje para mim é uma verdade muito inspiradora. Não consigo imaginar o sentimento de alguém que é preso injustamente, passam-se os anos e você lá, dentro do cárcere esperando que algo aconteça para mudar a sua sorte. Nelson Mandela deve ter muita história para contar e com certeza se identificaria com José, se pudesse, num bate papo após o chá da tarde. Dá pra imaginar?

Preso por mais de 27 anos (18 dos quais em trabalhos forçados), Mandela tornou-se a “voz da África”, quando esta pedia um libertador, alguém que poderia lutar contra o Apartheid aquela política racista imposta pela minoria branca. Essa política fez com que a África do Sul sofresse humilhações e injustiças, fazendo com que ficasse a terrível marca do ódio racial, desigualdade, além de, por força de lei, marginalizar 75% da população. Danos irreparáveis para muitas gerações que se foram. .

Com seu carisma, Mandela conquistou a confiança do povo e elegeu-se presidente. Venceu o ódio racial e hoje é orgulhosamente para o povo africano, um símbolo de liberdade e luta.

Muitas vezes Deus permite que vivamos certas experiências para que, descubramos, que temos uma força que pra gente parece que não existe. Será que, se fossemos presos como Mandela e José, teríamos vencido como eles venceram?

Quantas vezes a gente precisa vencer o nosso medo?

Quanto medo temos para vencer?

Se você estiver no cárcere neste momento, anseie pelo que tem de maior e melhor na sua vida. Seja valente!

Anseie pelo Deus vivo.

Assim como o Senhor amou Nelson Mandela e teve misericórdia dele, o Senhor te ama e de “tal” maneira, que ele pode tirar você do cárcere e fazer de você uma voz, um profeta, um pai da nação.

Curtiu o Blog? Registre aqui!