quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Jesus - O maior de todos os homens - (Final)


“Eu amei o mundo de tal maneira...”

Chegamos a última parte da nossa “série”, felizmente com o MAIOR homem de todos os tempos!

Para alguns ele era só um profeta. Para outros um homem bom. Enquanto para uns ele era um sábio para outros ele era alguém gentil. Graças a Deus, mais que tudo isso, Jesus é o que era, que é e que há de vir: o Salvador do mundo; ressurreto e filho do Altíssimo. Quando ele disse que amou o mundo de “tal” maneira, esse “tal” jamais saberemos o que Ele quis dizer. Que maneira profunda e inexplicável de dizer o quanto nos amou!

O Senhor Jesus é muito mais além que qualquer nome que queiramos dar. A própria palavra diz que o seu nome, está acima de todo nome e que não há nenhum outro no céu, na terra ou embaixo da terra. Jesus: nome sem igual.

Ele marcou época e continua sendo o mais influente entre os homens. Nele habita toda a sabedoria e poder. Jesus é alguém que por mais que haja toda a ciência e intelecto, nada pode se comparar a Ele pois antes que tudo existisse, Ele já existia. Antes que nós nascêssemos ou sonhássemos, já existíamos Nele.

De todos os grandes homens de Deus nenhum é igual a Jesus. Desde o menor até o maior, diante da presença Dele, todos se submetem pois diante de Jesus todo o joelho se dobrará. John Walker, Martin Luther King, Mandela ou até mesmo grandes homens que morreram por uma causa, nenhum deles, precisou se entregar pela maior causa de todas: a remissão dos nossos pecados. E sem derramamento de sangue, não há salvação.

O que seria do mundo hoje sem Jesus! Se vivemos num mundo mal, como seria sem a existência Dele? O mundo só não está pior por causa da igreja, a noiva amada de Cristo a quem se entregou por ela.

As vezes nos espelhamos tanto em alguém! Nos espelhamos no chefe, no cônjuge, no cantor, no pregador, no presidente... mas o único modelo incorruptível que existe só podemos encontrar na pessoa maravilhosa de Jesus.

Vamos repensar nossos valores e nosso conceito de “cristianismo”. Ser cristão é ser um “pequeno Cristo”. É ser um modelo de esperança para o mundo. É saber que, por mais que sejamos falhos, é obedecer o mandamento do mestre e amar nosso próximo de “tal” maneira....

Curtiu o Blog? Registre aqui!