terça-feira, 29 de março de 2011

Testemunho - A mudança de cidade dos meus pais


                Esse final de semana eu fiquei bastante feliz, surpresa, triste, cansada, sem palavras... tantas emoções a flor da pele por deixar os meus pais em um novo lugar, uma nova cidade. Eu havia comentado aqui outro dia sobre a mudança deles. Deus os abençoou para comprarem uma casa térrea e honestamente tem sido bem difícil. Meus pais e meu irmão moraram por dezesseis anos em um apartamento pequeno, onde com o tempo, foram surgindo vizinhos muito barulhentos. Meu pai começou a ficar doente e a convivência diária com barulho só estava prejudicando-o cada vez mais, além de ter muitos degraus no prédio para ele te que andar. Sendo assim, ele quase parou de andar e minha mãe, depois de vários anos, voltou a fumar e ela vivia cada vez mais irritada, mais agitada. Começamos a pedir para o Senhor preparar uma casa térrea para eles.
                No começo do ano passado fomos para Itanhaém, litoral de SP, ver algumas casas. Lembro que no dia fez tanto calor lá que até desmaiei! Fui socorrida por uma moça da imobiliária onde tínhamos ido além de várias pessoas (o mico foi grande..rs). Enfim, quem diria que depois de um ano meus pais morariam por lá!
                Bem, minha mãe com o tempo passou a querer se mudar. Meu pai e o Dudu (meu irmão) eram contra e foi assim por bastante tempo. Quando chegou no começo deste ano meu pai quis se mudar também. Quando isto aconteceu, logo em seguida um comprador já apareceu para ver o apê deles. Ficamos assustados pois não achávamos que seria tudo tão rápido!
                Assim que o comprador surgiu começamos a viajar várias vezes para Peruíbe,  a cidade vizinha de Itanhaém onde minha mãe queria morar. Isto custou para mim e para o Renato muitas ausências na nossa igreja local. Apesar de sentirmos muita falta de estarmos na igreja, vejo que foi um tempo necessário para sairmos temporariamente do ministério de louvor e nos dedicarmos integralmente ao sonho dos meus pais. Foi a maior e melhor coisa que fiz em tempos!
                Em Peruíbe nunca achávamos uma casa a gosto dos dois e enquanto isso o tempo foi passando. Eu ficava com medo de o meu pai ficar doente, pois eram muitas horas dentro do carro viajando para acharmos a casa certa pra eles. Nisso tudo, ele até se animou, não ficou doente e ainda conseguimos levar ele e minha mãe pra almoçar fora!
Enquanto isso, o apartamento já tinha sido vendido e não encontrávamos uma casa. Uns 15 dias antes da data de eles deixarem o apê, fomos para Itanhaém (após várias pesquisas de imóveis na internet). Visitamos todos os imóveis que tínhamos em mente, mas nada dava certo. Resolvemos voltar a imobiliária que tínhamos ido um ano antes e adivinhem, a moça que me socorreu pra variar, nos disse que tinha uma casa que tinha acabado de aparecer por lá. Ela nos convidou pra para olharmos sem compromisso para não ficarmos com a “consciência pesada”. Ao vermos a casinha, meu pai e minha mãe logo se apaixonaram por ela! Meu pai que é super calado, mal fala alguma coisa, disse que tinha gostado daquela casa! O que é ligado na terra é ligado no céu!
Renato e eu cuidamos de fazer a proposta da casa e depois passar para os meus pais. Depois de alguns dias, descobrimos que a proposta tinha sido aceita e assim nos preparamos para dar a super notícia pra eles! Cheguei na casa deles, tipo assim, como quem não quer nada..rs. Conversamos com meus pais assuntos do cotidiano e minha mãe estava cada vez mais desanimada . Ela disse que se Deus desse aquela casa pra ela, ela pararia de fumar e iria para a igreja. Como ela já tinha comentado isso antes, demos de presente uma bíblia bem grande pra ela e assim dissemos que agora ela terá que agradecer a Deus pois Ele tinha dado a casa pra ela pois os antigos proprietários tinham aceitado a proposta dela! Ela até chorou!
Foi muito lindo ver ela, o Dudu e meu pai ficarem emocionados. O Dudu é mais quietão pois é adolescente e óbvio que ele gostaria de ficar aqui, perto de seus amigos num lugar mais agitado. Mas ele ficou feliz pelos nossos pais e de bom grado, aceitou se mudar pra cuidar deles. Só agradeço a Deus por tudo!
Deus esteve em cada detalhe da casinha deles! Compramos pra eles um fogão e guardas roupas novos porque queríamos ver a casa linda! Cuidamos da mudança, e até isso Deus preparou. Pessoas que eu nem esperava se propuseram a nos ajudar na mudança, nos “corres” que eu nem tenho como agradecer. Passamos o final de semana na casa deles e tão difícil quanto ver o melhor amigo do meu irmão chorar por ter que deixar meu irmão, foi deixar todos eles lá, longe da gente aqui, mas dentro do nosso coração!
Para mim ainda difícil de absorver tudo. Parece que, o que não senti ao sair de casa quando me casei, estou sentindo agora! A distância me fez valorizar ainda mais a companhia deles! Ficar ausente da igreja por uns tempos foi difícil, mas ver a mão de Deus provendo tudo, cuidando da gente foi o que me susteve. Muitas vezes as pessoas não entendem que precisamos abrir mão de algumas coisas pra conquistarmos outras e que cuidar dos pais, honrar a vida deles, é também honrar a Deus.

No amor de Cristo
JS

Curtiu o Blog? Registre aqui!