sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O passarinho, a vaca e o estrume

Oi pessoal
Estou sendo muito abençoada esses dias. Estou lendo um livro bem legal que fala sobre visão, plano de Deus e as coisas que passamos nessa vida para ver o plano de Deus acontecer. Quero falar mais sobre isto, mas por ora, não posso deixar de reescrever este trecho do livro que me fez rir e refletir. Espero que gostem! (Ah, o título, eu mesma o batizei…rs)

O passarinho, a vaca e o estrume

Um dia o pássaro estava voando para salvar-se do inverno e foi pego por uma tempestade de neve.
             Conforme a neve caia nas suas pequeninas asas, ela se derretia vagarosamente, e rapidamentge o congelava, fazendo com que o passarinho caísse no chão. Enquanto ele estava ali, impotente e gélido, envolvido pela neve, o pássaro pensou consigo mesmo (para ser falado com uma voz de passarinho): é o fim.
            Para tornar as coisas piores, uma vaca veio na direção do pássaro congelado e – não imagina o que aconteceu? Ela depositou um monte de estrume fedido bem em cima do pássaro (Sedi que isso é grosseiro, mas  há algo especial niso).
            O pasarinho entrou em pânico, ficou horrorizado e pensou que congelaria até a morte, coberto pelo estrume. Entretanto, vagarosamente, o calor do estrume fez com que o passarinho se descongelasse. Ele agitou as novas asas livres e começou a gorjear com alegria! E cantava: piu, piu, piu!
            Mas, de repente u gato, atriado pelo gorjear do pássaro, correu e desenterrou o pasarinho e…o comeu.
            Talvez você esteja pensando e queira gritar: “Craig, você é muito, mas muito estranho”.
            Eu entendo (mas é o que Deus está fazendo).
            Ou talvez esteja lendo e queir gritar: “Isso mesmo Craig! É exatamente o que sinto na minha vida. Minha vida é um desastre após outro.”
            Eu entendo, e odeio quando sinto que a vida está assim. Mas Deus prometeu que Ele trabalha com todas as coisas. Até com as coisas ruins. E se você nEle confiar, durante os tempos negros, El epode extrair bençãos das dores.
            Você acredita?
            Bem, voltemos ao falecido passarinho. Veja, esta história de coragem e calamidade nos ensina três lições muito importantes. Espero que não as perca:
1.     Nem todos que defecam na sua cabeça são seus inimigos.
2.     Nem todos que tiram você de um monte de estrume são seus amigos.
3.     Quando você está coberto po r estrume, mantenha sua boca fechada.

Permita que Deus lhe dê olhos para ver Seu propósito nas suas experiências – todas elas! Há alguma coisa que precisa ser olhada bem de perto? E quando observá-la, descobrirá que suas experiências apontam para o plano de Deus no seu futuro.

Chazown – Um jeito diferente e ver a vida. Craig Groeschel. BV Films Editora – 2009 – Págs 69-70. 

Curtiu o Blog? Registre aqui!