domingo, 18 de abril de 2010

A palavra final do acampamento: Eliseu

Oi gente, a paz


          Quero terminar comentando o acampamento com uma palavra tremenda que o Senhor falou conosco lá: a vida de Eliseu.
          O Senhor surpreendeu meu esposo e a mim naquela ministração. No final dela, o pastor que pregou aquela palavra nos disse: “Tome aqui. Deus manda entregar isto para vocês”.
          O que ele nos entregou em mãos, era o rascunho da sua pregação que transcrevo logo abaixo. É um pouco longo, mas vale a pena conferir.

*********************
Fazer o que nunca fizemos para viver o que nunca vivemos
II Reis 2.1-15

          Para Deus fazer um milagre em nossas vidas, Ele não precisa de grandes coisas, basta apenas um pequeno sinal.
          A chamada de Eliseu contém alguns fatos interessantes de observarmos se queremos começar a viver de uma forma diferente.

I Reis 19.18-21

Deixou as juntas de bois = Renunciou o seu passado
Deu importância aos pais e aos servos = Testemunhou
epois seguiu e serviu a Elias

         Elias propôs a Eliseu três vezes o caminho mais fácil: “Fica-te aqui” (versos 2, 4 e 6). Mas a cada uma dessas propostas, Eliseu responde com santa determinação: “Tão certo como vive o Senhor e vive a tua alma, não te deixarei”.
          Eliseu tinha a convicção da chamada, agora precisava da liberação da unção; precisava estar atento a todos os passos de seu antecessor para não perder aquilo que esperara por 20 anos!
          Eliseu preferiu sair da zona de conforto.
Versos 1 – 2: Elias partiu de Gilgal com Eliseu, e disse fica-te aqui; o Senhor me enviou a Betel!

Gilgal = (significa) Circulo. Foi o primeiro acampamento de Israel depois de passar o Jordão (Js 4.19). Onde Josué circuncidou todos os homens que nasceram durante os 40 anos de deserto, onde Israel celebrou a páscoa e onde cessou o maná.

Betel = Casa de Deus, onde Jacó teve aquela visão maravilhosa dos anjos que desciam e subiam por uma escada que atingia o céu.

Jericó = Lugar de Fragrância. Havia ali uma escola de profetas no tempo de Elias e Eliseu (vers 5)

Jordão = O que desce. Rio da Palestina e o mais famoso do mundo. Sua fama se deve por todos os grandes acontecimentos que lá ocorreram e não por ser um rio comercial onde se passa várias embarcações comerciais.

          Mas Eliseu sabia que algo extraordinário aconteceria quando chegassem ao Jordão.
          Serviu e seguiu pelo simples prazer de servir.
          A porção pela obediência foi dobrada.
          Agora a apresentação de Eliseu quando o Rei Josafá perguntou se havia algum profeta que pudéssemos consultar a Deus por intermédio dele, foi algo que excede a nossa compreensão nos dias de hoje, quando muitos precisam dar destaque a seus currículos e títulos. Eliseu é apresentado desa forma (II Reis 3.11-12)

A melhor forma de prendermos a atenção das pessoas é a vivência da palavra!

          Você também não quer dizer: “Eu não te deixo, Senhor, a não ser que me abençoes; eu quero estar unido a ti na Tua morte; eu quero seguir contigo pelo Jordão; quero permanecer na cruz contigo”?
          Se você disser isto com convicção, experimentará coisas maravilhosas: o Elias celestial, Jesus Cristo, já preparou o caminho para você. Isso significa que, na prática, essa é uma atitude possível e viável, uma vez que Ele vai à sua frente aplainando o caminho. E quando você chegar ao outro lado tome a santa decisão: quero seguir o caminho todo, quero andar pelo caminho estreito, escolho o caminho da morte de Jesus. Então Ele lhe abre toda a plenitude: “Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me, o que queres que eu te faça”. Que imensa riqueza a morte de Jesus coloca à nossa disposição! Se você diz sim ao caminho proposto por Ele, Ele se aproxima de você e sussurra ao seu ouvido: “Peça o que você quiser e eu lhe darei”.
*********************

Que o Senhor revele essa palavra para vocês também.
Este é o meu desejo.
Com carinho

Jack

Curtiu o Blog? Registre aqui!