segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Precisamos ser uma igreja diferente - Parte 1

Paz e graça queridos!

Uma das coisas que mais tem chamado minha atenção nos últimos tempos é o papel da igreja em geral em relação as pessoas. Conheço muitas pessoas que não querem ir a igreja por vários motivos, seja por traumas pessoais ou pela imagem que a igreja passa de lugar santo, algo do tipo "somos assim e você tem que se adequar ao nosso estilo de vida". Ela pode não verbalizar mas nas atitudes é o que transparece muitas vezes.

Olhando pelo lado dessas pessoas, acredito que elas até iriam se não fosse pelos escândalos que vemos por ai, mas é verdade também que todos nós estamos sujeitos a errar. Mesmo assim aos olhos de Deus é importante congregarmos, estarmos ligados a uma igreja local porque lá vamos aprender os valores cristãos que Ele nos deixou como buscar a Deus, amar, conhecer pessoas, perdoar, usar em favor do próximo os dons e talentos que Ele deu para cada um de nós e claro, criar laços fraternos. O pastor é tão humano quanto você e eu e claro que ele pode errar também. Perfeição só haverá no céu. Onde houver gente haverá imperfeição e a igreja nada mais é que um local onde pecadores se reunem para adorar a Deus, aquele que é poderoso para salvar e perdoar pecados. Seja uma pessoa que nunca entrou em uma igreja ou se você já frequenta alguma há tempos, Deus espera o mesmo de ambos: que sejam pessoas melhores diante Dele e dos homens.

Deus fez o ser humano para viver em grupos, em sociedade. Na escola, desde pequenos temos nossos amiguinhos. Na adolescência, fazemos outros amigos. No casamento, um outro grupo é constituído como o da família. No trabalho, outro grupo. Na faculdade, outro grupo. As redes sociais são especialistas em grupos também. O tráfico de drogas também vive em grupos. Nos jantares de natal com os parentes, outro grupo e por fim, na igreja, outro grupo. Não fomos criados para vivermos sozinho porque ninguém consegue nada sozinho; ninguém é feliz sozinho. Temos a necessidade de compartilhar e de sermos aceitos em algum lugar.

Até na criação, quando Deus formou todas as coisas e criou Adão e Eva, ali já foi estabelecido um grupo. Um grupo, nada mais é que uma forma social onde pessoas interagem informações, compartilham gostos, características, idéias de modo que se sintam parte, aceitas onde estão. E biblicamente, há uma benção de Deus para os grupos que vivem em união:

E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Atos 2:42-47
E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Atos 2:42-47
De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas,
E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Atos 2:41-47
"De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, e perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar".
Atos 2.41-47

As pessoas que eram salvas e os apóstolos andavam em grupo. Viviam em comunhão. Tinham os mesmos interesses, se ajudavam e isso era agradável aos de fora. Eles trabalhavam em conjunto e eram literalmente cooperadores da obra de Deus. Dessa forma, o próprio Deus acrescentava mais pessoas a serem salvas!

Continua...

Curtiu o Blog? Registre aqui!