domingo, 2 de junho de 2013

Em que pensar?


Oi amigos, quanto tempo!!!

Gostaria de poder escrever mais, mas esses meses tem sido bem intensos para mim. Uma verdadeira mistura de bons e maus momentos (mais bons do que maus graças a Deus!)

Aqui no Blog não comentei muito porque criei um outro Blog só sobre isso: Viagens que amo, mas voltei da Nova Zelândia muito feliz com o resultado que consegui lá. Foi uma experiência que encheu meu coração de uma alegria indescritível. Para mim foi um desafio de superação estar longe de todos e vivendo algo totalmente novo, fora da minha realidade. Foi algo que deu tão certo que me sinto encorajada a ir de novo para outro lugar.  Foi em Auckland também que fiz amigos muitos especiais que marcaram minha vida com sua cultura e foi lá que recebi a feliz notícia da publicação do nosso primeiro livro, um verdadeiro milagre, onde se Deus quiser será lançado esta semana na feira FLIC. No entanto, após o meu retorno, tive que ajudar meus pais na decisão de internar o meu pai em uma clínica de repouso, o que pela graça de Deus, Deus preparou uma clínica evangélica pra ele. Para quem não sabe, meu pai sofre de Alzheimer e ele sendo já idoso, ele e minha mãe estavam sofrendo muito: ele por não ter convívio há 2 anos com pessoas da idade dele, e ela, por trabalhar fora e cuidar dele, não saber muitas vezes lidar com a doença e não poder  deixá-lo sozinho. O que foi triste para nós no começo, tem sido um verdadeiro deleite para ele onde ele está sendo tratado e bem cuidado por pessoas que entendem da doença e que o amam. Em casa ele fumava 1 maço de cigarro por dia. Ele estava entrando em depressão em nem sabíamos. Na clínica, em 1 mês, ele estava fumando 1 cigarro por dia, uma grande vitória pra todos nós! Até outro dia ele nem pensava em voltar pra casa porque já tinha feito amizades com outros velhinhos por lá :)

Era aterrorizante pensar que, com o avanço da doença, ele a qualquer momento poderia não me reconhecer mais.

Além disso, mesmo com a notícia do livro, pensava em outras conquistas para minha vida e meu lar que demandavam tempo. Nas canções que eu gostaria de um dia gravar. Nas pessoas aflitas que conheço que não sabem o que fazer, que direção seguir. Pensava também nos meus amigos e familiares que precisam ser salvos, curados no coração e libertos de vicíos. Nos meus amigos que estão em missão no Uruguai dependendo de ajuda financeira para que possam se manter e pregar o evangelho lá. No Diário de Oração para este ano. As idéias não vinham, os textos não nasciam. Fiquei apavorada em pensar como trazer algo novo para o Blog que não estava vindo do céu. Afinal o mês dos namorados está aí e eu sem poder contribuir como eu sempre faço no Blog. 

Pensei "A fonte secou. É o fim. Talvez a escrita tenha tido um fim pra mim"

Não era só uma crise de todos aqueles abençoado com o temperamento melancólico. Cada vez que pensava nisso, uma lágrima rolava do meu rosto e eu pensando, Senhor, o que houve? Porque eu?

Foi quando me lembrei do profeta Jeremias, se lamentando, mas também se lembrando da grandeza do Senhor:  

Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.
As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã.
Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nele.
(Lamentações de Jeremias 3:21-24)

Comecei a orar e a falar com o Senhor as angústias que pesavam no meu coração. As angústias das quais eu queria me livrar, confiando que Ele é poderoso pra agir.

Minha mente estava cansada demais pra pensar no que fazer, mas em meu espírito me lembrei também de Filipenses 4.8. 

"Finalmente, tudo o que é  justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que e de boa fama, se alguma virtude e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento."

Fiquei com meu coração grato a Deus porque Ele me mostrou que não preciso carregar comigo sempre todas as minhas preocupações. É fato que teremos aflições, mas Deus quer que tenhamos ânimo, pois Ele venceu tudo para provar


que podemos vencer também.

Seja nos bons ou maus momentos, controle sua mente para que, a luz da Palavra, ela saiba o que pensar. 

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.
Salmos 119.105
Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
Filipenses 4:8
Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
Filipenses 4:8

Curtiu o Blog? Registre aqui!