domingo, 15 de janeiro de 2012

O que um carro pode nos ensinar sobre namoro?

Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos
I Corintios 14.33


A definição para a palavra “decisão” é: “o processo pelo qual são escolhidas algumas ou apenas uma entre muitas alternativas para as ações a serem realizadas”. Toda decisão a ser tomada envolve conseqüências sobre sua vida e de outras pessoas e o bom de tomar uma decisão, é que ela nos leva a novas aventuras e nos faz crer em Deus.
Uma vez, a Jack e eu queríamos comprar um carro e como bons consumidores em busca do melhor negócio, começamos a olhar carros nas concessionárias (eu acho que nunca vimos tantos carros na vida!). Nossa vida praticamente era chegar do trabalho e assistir ao Shoptour, para ver se de repente aparecia alguma promoção. E assim ficamos por seis meses.
Algumas vezes, saímos para ver carros até embaixo de chuva! Imagine só nós dois super molhados vendo carros enquanto o vendedor nos olhava com aquela cara que diz “o que esses dois querem aqui?”rsr… (aliás, são essas boas lembranças que fazem um casamento feliz).
Foram seis meses de joelhos no chão porque queríamos que Deus nos desse um carro; queríamos que fosse um presente de Deus pra nós!
Mas antes de tudo isso, passamos por uma pequena experiência: a Jack tem uma tia que queria vender um carro pra nós. Vimos o carro, andamos nele e o adoramos! Perguntamos a tia dela o motivo de ela querer vendê-lo e foi quando ela disse que seu marido estava desempregado. Perguntamos para ela quanto faltava para eles terminarem de pagar o carro e ela respondeu. Como não era um valor muito alto, nas nossas condições, sentimos de pagar aquelas prestações para quitar o carro dela. Queríamos muito abençoar a vida deles, pois sabíamos que Deus iria cuidar da gente. Naquele momento, eles não sabiam como agradecer, mas ajudá-los foi uma alegria para nós e não um peso. Resolvemos não ficar com aquele carro que eles lutaram tanto tempo para comprar. Aquele carro era deles!
Depois disso continuamos a pesquisar mais carros até que um dia fomos em uma concessionária. Chegando lá, vimos muitos modelos, mas só um chamou nossa atenção e este não estava lá para entrarmos nele para assim o analisarmos melhor. Mesmo assim, essa concessionária nos convidou a irmos em uma outra para que pudéssemos ver aquele carro mais de perto. E claro, eles nos levaram!
Enquanto estávamos a caminho da outra concessionária, pensamos: “nossa que carro” (nos referíamos ao carro em que estávamos naquele momento)!. O carro era novo e lindo e assim, falamos que compraríamos um carro como aquele um dia pois naquele momento, estava fora de nossas condições. Com o tempo, vimos ainda um outro carro muito bonito e Deus começou a dar condições para comprarmos tanto um como o outro carro. Chegou ao ponto de escolhermos com qual dos dois ficar!. Resumindo a história, acabamos comprando o mesmo modelo de carro que o motorista nos levava a outra concessionária. Fizemos sem querer um test drive da benção!
As vezes você está naquele momento da sua vida de dúvida, algo para decidir seja um namorado, faculdade, emprego ou tantas outras coisas. Talvez um garoto(a) que você sempre orou por ele (a) começa a dar bola para você mas você está orando com outra pessoa ou está namorando, então, o que fazer? Termino ou não?
Sabe, peguei o exemplo do carro pois oramos e esperamos no Senhor. Deus não nos deixa confundidos. No final, fizemos um propósito com Deus para que se fosse para a gente comprar o carro Deus iria trazê-lo até nós. E Deus o trouxe. Ainda assim dissemos que não tínhamos condições, mas que se fosse de Deus, em uma semana as condições apareceriam. Em uma semana foi isso mesmo que aconteceu. Glória a Deus!
Não quero dizer que com você vai ser da mesma forma, mas em tudo devemos orar. Este carro tem sido uma benção pra nós pois Deus nos deu exatamente além do que imaginamos. Na minha vida particular tenho muito a agradecer pois Deus me deu uma esposa linda, cheia da graça de DEUS, uma benção nas mãos do Senhor e tantas outras bençãos que seria impossível contar!
          Mas porque isso? Porque para toda decisão que vamos tomar devemos orar e pedir para Deus o melhor dele e esperar no Senhor. Tenha isso em seu coração agora em 2012, pois Deus não é Deus de confusão e sim de Paz.


Renato Sales

Curtiu o Blog? Registre aqui!