segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Acredite na causa da sua igreja local


            Ultimamente tenho visto quantas pessoas que frequentam sua igreja não acreditam mais nela ou na missão que ela tem. É comum eu ouvir algo como: “Vou na igreja x porque ali tem eventos mais legais que não tem aqui” (mesmo que tivesse).

            Muitas pessoas indo a uma igreja. Poucas sabendo o porquê. Muitas cumprindo só uma programação. Poucas entendendo o propósito de se reunirem ali.
            Isto se torna preocupante. Queremos algo que nos “entretenha”. O apresentar nossos corpos a Deus como sacrifício vivo, santo e agradável conforme Romanos 12, parece não ser mais tão importante em nossos dias. O ide e fazer discípulos, menos ainda. Temos igrejas inchadas de conhecimento e não maduras como deveriam ser. E igreja aqui, sou eu e você.
Quantos de nós em uma reunião de 2 horas mais ou menos, durante a ministração seja do louvor ou da palavra, não deu uma olhadinha no relógio para saber quanto tempo faltava para acabar? Não precisamos mencionar que a maioria das pessoas, pelo menos as que conheço, vão a igreja em média 2 vezes por semana. 2 vezes por semana, 2 horas de culto para depois dizer que “na igreja do fulano é mais legal”. Aquela história de que “a grama do vizinho é mais verde”, pode se aplicar aqui também.
            Admirar outros ministérios não é pecado. O que é bom, a gente retém e é saudável aprender com os outros quando algo serve de bom exemplo. Eu por exemplo gosto muito de ministérios internacionais, por exemplo Hillsong. Entretanto, por mais que eu goste deles, não foi lá que Deus me enviou para congregar. Eles tem uma linha de trabalho maravilhosa que dá certo lá, que foi algo dado por Deus e isto significa que, devo dar valor ao que Deus tem dado para mim aqui para contribuir na minha igreja local. Se Deus me colocou onde estou é porque preciso ajudar e Deus quer que eu seja útil ali.
            Acho que o problema maior não é o evento que tem em outro lugar, ou o que não tem na sua igreja. É o coração que precisa ser moldado por Deus.  Se nosso coração está “na carne”, posso ter 200 eventos criativos que ainda não serão suficientes. Vamos sempre querer mais. Não é o evento que faz a diferença.  Ele pode ser importante, mas se não houver a presença de Deus, terá sido em vão.
            Acredite no seu potencial. Não despreze os pequenos começos. Por traz de grandes ministérios, do sucesso, sempre tem um "primeiro começo", as coisas simples, as pequenas coisas que poucos tiveram o privilégio de ver nascer. É fácil a gente admirar algo que já está "lá em cima", algo bonito, visível, tudo estruturado; difícil é por a mão na massa, plantar e aguardar o tempo para a colheita. Este tempo quase ninguém tem paciência de esperar.
            Dê valor ao que Deus te deu. Não critique sua igreja local. Se você for fiel no pouco, ele te confiará muito mais.. Acredite nela. Acredite na visão que Deus deu para seu pastor para sua igreja local. Compre a “briga” com ele. Una-se a ele. Na união o Senhor ordena sua benção.
Se você quer que sua igreja cresça, pegue todos com você e unidos com seu pastor, trabalhem. Busquem a presença de Deus. Para cada cidade, cada igreja, o Senhor dá uma estratégia porque cada local tem uma necessidade diferente. Você não está onde está por acaso. Deus quer te desenvolver ali. Basta ter fé e trabalhar.

Curtiu o Blog? Registre aqui!